Continuando nossa série – caso tenha caído nesse post de paraquedas, recomendamos que acesse o primeiro episódio da “Certificação de Embaixadores e Promoters“, abordaremos questões referentes a divulgação, etapa crucial para aumentar o volume de vendas. Saber divulgar, tanto boca a boca, quanto nas mídias sociais é essencial para atingir seu público-alvo. Já falamos sobre esse tema no post, “Promoter: 5 dicas para vender mais ingressos”.

Ao utilizar da maneira correta as mídias sociais, seja WhatsApp, Facebook ou Instagram, o promoter consegue aumentar seu número de vendas e em consequência tornar-se uma referência na divulgação da festa. Convocamos alguns embaixadores para falar sobre o assunto, confira abaixo:

“Falso! O embaixador deve fazer o convite de forma criativa não com fins lucrativos ou de maneira a apenas virar um ponto de venda, podemos sim colocar uma foto de capa ou compartilhar alguma foto do grupo de embaixadores, mas sempre deixando nossa criatividade aflorar e inovar na maneira de convidar o público.”, destaca Bruno Messinger, embaixador do Green Valley.

“Falso! A divulgação deve ser feita a fim de instigar a emoção do evento, apresentando o conhecimento sobre os artistas ou a casa que está promovendo, dando ênfase em pontos qualitativos e não com o fins lucrativos!”, afirma Camila Stival, embaixadora do Green Valley

“Pode ser feita a divulgação nas redes sociais para os amigos, desde que de forma “descontraída” e sem usar frases do tipo “ingressos comigo” por exemplo”, conclui Amanda Jaques, embaixadora da Radiola.

Sim, temos liberdade de fazer publicações usando nossas redes sociais desde que seja respeitado as regras de publicação e bom senso. Tags como #Ingressocomigo ou marcar o @evento, não! Publicações com teor comercial é para o evento, nós fazemos uma divulgação orgânica”, enfatiza Felipe Cattani, embaixador da Radiola

Segundo Luiz Chaves, customer success da Social Wave, no post 5 dicas para vender mais ingressos, “o promoter deve saber criar seu marketing pessoal e se posicionar nas redes sociais. Ele deve falar de música, falar dos músicos que ele curte, deve buscar informação, postar foto com artistas, com a galera. Coisas boas de se ver. O promoter deve ser apaixonado pelo o que faz, mostrando o porquê aquele evento e artista são bons, conclui.

Portanto, como afirmaram os embaixadores, para fazer uma boa divulgação é essencial vender uma experiência, não um produto comercial, pois assim instigará seus amigos a viverem as mesmas emoções que você, resultando em um alto índice de vendas. E para você! Como um promoter deve utilizar suas mídias sociais? Responda nos comentários. Acesse também o post “Promoter: tudo que você precisa saber” e saiba tudo sobre uma das profissões que mais crescem no Brasil!

Seja embaixador da Social Wave ganhe benefícios nos melhores festivais de música eletrônica do país! Acesse o nosso blog do embaixador e leia as melhores postagens sobre à temática.

Seja um embaixador, clique aqui!

Um comentário

  1. Rodrigo Oliveira

    Deve-se criar uma atemosfera amigável, mostrando a vibe do lugar, não parecendo um post genérico/automático que tu perceba de cara que é só pra vender e/ou a pessoa só está te chamando apenas para vender ingressos,

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Você pode usar as tags de HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>