Evento abordou temáticas como empreendedorismo, mídia, tecnologia e marketing. Ambos aplicados na indústria da música eletrônica. A Social Wave esteve em peso na conferência, realizando a cobertura dos painéis por meio do seu aplicativo, sendo também uma das marcas mais citadas durante o BRMC

De 9 a 12 de maio, São Paulo (SP) recebeu na Unibes Cultural, a 10º edição do Brazil Music Conference (BRMC), evento voltado a indústria da música eletrônica. A conferência pairou por temáticas que envolvem: relacionamento com a mídia, marketing, tecnologia, empreendimento, criatividade e mercado. Os participantes da solenidade e embaixadores do Social Wave acompanharam a cobertura em tempo real, através do aplicativo da startup. A conferência situou-se através de seis micro temas que embasaram os painéis ao longo dos quatro dias: trending topics, showbussiness, art in sound, music + brands, future forum e somos latinoamérica.

Segundo Ilan Kriger, CEO da Social Wave, “eu vou no BRMC desde a segunda edição e sempre senti essa evolução ano a ano, foi um grande salto a conferência ter passado para São Paulo. Pela primeira vez fui com uma equipe grande: um gerente de sucesso, um profissional de marketing e três profissionais de vendas. Fizemos muitas reuniões, encontramos clientes importantes. Portanto, para a Social Wave foi muito importante, tanto para a manutenção de clientes, quanto para a aquisição de novos clientes”, conclui.

Para Paulo Beto, líder do projeto Anvil FX, “este tipo de encontro tem a oportunidade de trazer informações diferentes, experiências diferentes e isso só tende a enriquecer. É uma coisa que tem que continuar acontecendo”, destaca.

Social Wave

A Social Wave foi referência na conferência pelo modo inovador de trabalhar com venda de ingressos, utilizando embaixadores – fãs engajados nos festivais que vendem suas experiências para seus amigos. Representaram a startup: Bruno Novais, estagiário de marketing, Bernardo Buschle, VP of Sales, Ilan Kriger, CEO, Luiz Chaves, Custumer Sucess, Michele Karine e Luana Cordova, ambas do setor comercial da empresa.

A empresa foi elogiada por Marcelo Madueño, idealizador do Só Track Boa, cliente da startup. “O trabalho da Social Wave é fantástico! Utilizar os fãs dos eventos para vender os ingressos, motivados pelo fato de amarem o festival. É uma coisa genial! ”, elogia.

À esquerda, João Anzolin, proprietário do festival Subtropikal. Ao centro, Marcelo Madueño, criador do Só Track Boa. À direita, Eduardo Phillips, proprietário do Green Valley

Ilan Kriger foi moderador do painel “Empreender é para os fortes! ”, abordando exemplos de jovens empreendedores que venceram todas as barreiras e hoje estão conectados ao próprio negócio. Os convidados foram: Raul Mendes (Equinox Entreterimento), Antonio Eudi (Alma Music Group), Thiago Peduti (Soma Concept) e Matheus Brum (Sunset Sessions).

Já no painel “Cria da Casa: Festivais do Brasil”, estiveram presentes os convidados: Luis Gustavo Zagonel (Warung Day Festival), Érick Dias (XXXperience), Jeje (Tribaltech), Du Serena (Tribe) e Guga Trevisani (Kaballah), ambos clientes da Social Wave. Fato que demonstra o crescimento estratosférico da marca.

Ilan Kriger, CEO da Social Wave, foi o mediador do painel “Empreender é para os fortes!”

“Sempre buscamos experiências, saber mexer na emoção desse cliente, desde que o dia em que ele adquiriu seu ingresso, até o dia que ele entrou no evento. Transformá-lo em um promoter, fazer com que convide amigos, melhorando a experiência das pessoas dentro do festival”, afirma Luis Zagonel, criador do Warung Day Festival, cliente da Social Wave.

Unibes Cultural

Fundada em 2016, a Unibes Cultural é uma instituição de cultura, localizada na cidade de São Paulo, tendo como característica à inspiração no Torá, livro judaico. A instituição promove palestras, shows, cursos, dentre outros eventos, sendo a filosofia contemporânea um dos temas mais abordado pelo espaço.  

Seja um embaixador, clique aqui!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Você pode usar as tags de HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>